Protesto de Dívida pela Fazenda Pública Municipal não depende de Lei Local autorizadora, decide prim

A Primeira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) considerou que o protesto de Certidão de Dívida Ativa (CDA) pela Fazenda Pública independe de lei local autorizadora, uma vez que está embasado no artigo 1º, parágrafo único, da Lei 9.492/1997 – dispositivo de lei federal, aplicável em todo o território nacional. Com base nesse entendimento, o colegiado, por unanimidade, acolheu recurso especial no qual o município de Diadema (SP) pediu a reforma de acórdão do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) que anulou o protesto de CDA promovido contra uma empresa.

LEIA MAIS - PROCESSO Nº REsp 1895557

Leia mais em:

PROCESSO Nº REsp 1895557

https://stj.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/1260655626/recurso-especial-resp-1895557-sp-2020-0238703-9/inteiro-teor-1260655723



0 visualização0 comentário